Aquela mulher é muito má, ela me queimou com ferro, diz criança hospitalizada com queimaduras

A babá negou os maus tratos

Uma criança de apenas três anos de idade foi hospitalizada na última sexta-feira (25) com várias queimaduras pelo corpo. A principal suspeita é a babá da criança. O hospital acionou o Conselho Tutelar que, por sua vez, acionou a Polícia Militar. Ninguém foi preso.

De acordo com o registro da ocorrência, uma guarnição foi acionada no Hospital Regional, pelo Conselho Tutelar, onde havia dado entrada uma criança vítima de maus tratos em Patos de Minas. Em conversa com os policiais, a mãe da criança disse que a deixou na casa da babá e, quando retornou para buscá-la, teria percebido que a criança apresentava pomada nos pés e lesões no nariz e testa. Questionada, a babá disse para a mãe que a criança havia se queimado em barras de ferro expostas ao sol enquanto brincava.

A mãe então foi para casa e, pouco tempo depois, percebeu que sua filha ainda apresentava queimaduras nas mãos e nas nádegas sendo que também havia formação de bolhas nas mãos da criança. Diante disso, a mãe procurou atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento do bairro Jardim Peluzzo e logo as duas foram encaminhadas ao Hospital Regional. Ainda segundo o registro da ocorrência, a mãe relatou aos militares que a criança teria dito a seguinte frase: “aquela mulher é muito má, ela me queimou com o ferro”. Ainda segundo a mãe, a filha não soube passar mais detalhes.

A Polícia Militar se deslocou para o endereço da babá juntamente com a equipe do Conselho Tutelar. Em conversa com os militares, a suspeita de 27 anos negou as agressões e disse que enquanto a criança brincava, percebeu que ela estava mancando e que apresentava alguns machucados na face dela. Em relação às queimaduras, a suspeita disse para a polícia que a criança teria pisado em algumas barras de ferro que estavam expostas ao sol no quintal da casa. Segundo o registro, ela não foi presa pelo fato de estar fora de flagrante e por não ter ninguém com quem deixar quatro filhos.

A criança seguiu no Hospital Regional recebendo atendimento médico. Ela sofreu queimaduras de segundo grau nos pés além de queimaduras nas mãos, nádegas e dorso dos pés. Também foi constatada uma lesão na face da criança.

Patos Hoje

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn