Ainda não há definição se vai ocorrer cancelamento de festas na região em virtude do Coronavírus

Com o objetivo de alinhar as orientações sobre o enfrentamento do coronavírus na região, a Regional de Saúde de Patos de Minas realizou na quarta-feira (11), uma reunião no auditório de Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM).

A reunião contou com a participação de 80 profissionais médicos e enfermeiros dos 21 municípios sob jurisdição da regional, bem como, profissionais da saúde ligados ao sistema prisional.

O intuito da reunião era alinhar os objetivos e conscientizar o envolvidos para ajudar os municípios a terem um plano de contingenciamento pronto, com a capacitação de profissionais de saúde para atendimento da população.

Os assuntos abordados foram: situação epidemiológica no mundo, Brasil e Minas Gerais; a importância da vigilância epidemiológica, notificação, investigação, coleta e transporte de amostras; a clínica e o tratamento do COVID- 19; medidas de precaução; ações integradas para enfrentamento da COVID – 19 na Atenção Primária e Vigilância Epidemiológica fluxograma assistencial.

Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Vazante, Cristiane Vitor, que também participou da reunião, a recomendação é que todos os municípios adotem o protocolo de atendimento criado pelo Estado.

Com relação as festas da região como a Festa da Lapa em Vazante, Festa da Produção de Presidente Olegário, Festa do Milho em Patos de Minas, dentre outras, não há um posicionamento se haverá ou não cancelamentos.

Anderson Franque com informação SES

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Fechar Menu