Agressão com fio de energia e pimenta em órgãos genitais: mãe e padrasto são presos por suspeita de torturar garoto de 4 anos em Araguari

Prisão ocorreu na quarta-feira (24). Atendimento médico constatou lesões na criança na cabeça, rosto, barriga, costas e pernas.

A mãe e o padrasto de um menino de 4 anos foram presos por suspeita de torturarem a criança em Araguari. As investigações ocorrem desde a última terça-feira (21) e a prisão foi na sexta-feira (24).

Segundo a Polícia Civil, tanto a mãe quanto o padrasto têm 19 anos de idade. Eles foram presos a partir do cumprimento de mandados de prisão expedidos pela Justiça.

A ocorrência teve início na terça-feira, quando o Conselho Tutelar acionou a Polícia Civil que começou a investigar o caso. Foi feito um atendimento médico na criança e constatadas lesões na cabeça, rosto, barriga, costas e pernas.

Ainda conforme a polícia, as investigações apontam que a criança era agredida com um pedaço de fio de energia elétrica e que o padrasto colocou pimenta nos órgãos genitais do garoto. A mãe também foi presa por suspeita de tortura, pelo fato de ser conveniente com as agressões.

A criança foi entregue em segurança para outros familiares, enquanto os dois envolvidos foram presos. As investigações seguem para apurar mais informações.

G1

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn